Este site permite enviar cookies de terceiros, disponibilizando mensagens de acordo com seus interesses. Para obter mais informações ou para recusar o seu consentimento à disponibilização de alguns ou de todos os cookies, veja as informações sobre cookies. Ao continuar a navegação está automaticamente a dar o consentimento para o uso de cookies.

Leia as informações - OK, eu concordo
HomeO jogoDr.Why NewsEngenheiros Civis comemoram 25 anos de curso com Dr. Why
Dr.Why News

Engenheiros Civis comemoram 25 anos de curso com Dr. Why

28 julho 2015

Engenheiros Civis comemoram 25 anos de curso com Dr. Why

O Dr. Why foi a animação escolhida pelos antigos alunos de Engenharia Civil da Faculdade de Engenharia do Porto (FEUP) para comemorar os 25 anos do seu curso, de 1990. Reunidos num jantar no Hotel Infante Sagres, no passado sábado, dia 25 de Julho, estes ex-alunos tiveram uma noite animada em torno de um questionário Dr. Why totalmente personalizado.

 

Terminaram o curso em 1990 e, pelo meio, tiveram 25 anos para construir uma carreira. Mas como os tempos de faculdade não se esquecem, estes ex-alunos da FEUC voltaram a reunir-se num evento a que chamaram “Jantar FEUC 1990”, este ano com uma presença especial: o Dr. Why. Foi com muita animação que responderam a 40 perguntas personalizadas, recordando os tempos de faculdade e posteriores encontros.

“O Jantar teve 55 participantes e o quiz teve a participação de colegas na elaboração das perguntas”, explica Paulo Lourenço, professor catedrático do Departamento de Engenharia Civil da Universidade do Minho e organizador do evento, que, no final, fez um balanço positivo da noite. “Os convivas adoraram o evento e o quiz permitiu relembrar momentos fantásticos dos 25 anos que já passaram”, garante.

“Em retrospetiva, valeu francamente a pena ter incluído esta atividade e agradecemos ao Dr. Why o comprometimento com o evento”, conclui.

O curso de Engenharia Civil da Universidade do Porto oferece uma das mais conceituadas formações do mundo. Os seus licenciados saem habilitados a fazer os projetos, a execução, a fiscalização, a coordenação e o controlo de obras públicas e privadas. Num inquérito de satisfação a ex-alunos, em 2006, estes consideram-se em larga maioria muito satisfeitos com a sua formação e revelaram que a sua formação se enquadra muito bem ou de forma suficiente nas tarefas profissionais que os licenciados são chamados a realizar. Em 2012, foi reconhecido como um dos melhores cursos de Engenharia Civil do mundo, através da Quacquarelli Symonds World University Rankings, pela sua excecional qualidade de ensino e a aposta numa investigação séria e aplicável. Mais recentemente, os cursos de engenharia da FEUP, onde se inclui o Mestrado Integrado de Engenharia Civil, foram reconhecidos pela ENAEE (European Network for Accreditation of Engineering Education) através da atribuição da Marca de Qualidade EUR-ACE, mantendo, desta forma, um palmarés assente na qualidade, sendo a posterior carreiras dos seus alunos ilustrativas disso mesmo. Paulo Lourenço, por exemplo, ganhou em 2011, o Prémio Scalzi 2010, o maior prémio mundial de alvenaria, entregue pela “The Masonry Society” e atribuído fora da comunidade de países de língua oficial inglesa apenas duas vezes antes desta.